Portuguese English Spanish

Alfabetização Ecológica em escolas municipais

Durante os anos de 2011, 2012 e 2013 a equipe de voluntários da Nascentes vivenciou oficinas de educação ambiental em escolas da rede municipal de Botucatu/SP. A partir do segundo semestre de 2013 a equipe percebeu a necessidade de organizar as oficinas em um programa de Alfabetização Ecológica.

A partir de um questionamento lógico, de onde vem os alimentos da merenda, os alunos são incitados a encontrar respostas. Quais as relações do alimento e sua produção com o meio ambiente? Quais os atributos que impactam na qualidade desses alimentos? A partir dessas perguntas é desenvolvido uma série de atividades que permite aos alunos relacionarem o meio ambiente e alimentação consciente com a própria saúde. "Nós somos o meio ambiente" indagou uma aluna da rede municipal de ensino da quarta-série. É esse tipo de ação que internaliza o conteúdo, comentou a Diretora da Nascentes, Talita Rassini.

Processo Multicultural 

Junto ao processo de questionamento e descobertas, os voluntários incluem aos alunos atividades culturais como oficinas de composições musicais, elaborando letras e ritmos ao processo de educação. T
rabalhos artesanais são fundamentais para que as crianças vivenciem na prática o plantio, a compostagem e aprendam fazendo. As visitas a sede da associação servem como inspiração para conhecer um viveiro, uma área de recuperação junto a uma hora e uma nascente.

Resultados

As crianças que participam desse processo vivificam o processo de alfabetização ecológica e podem respirar, contemplar e entender a importância do meio a nossa vida cotidiana. 

 

Animus Web